Artigo
Mercado

Seus clientes estão sendo atacados pela - nova - concorrência

0
tweets

3
likes

Saiba como defender sua posição O segmento residencial é responsável por parte relevante dos negócios dos profissionais que se dedicam ao projeto de interiores. E é justamente nesse tipo de serviço que o mercado vem sendo atacado por novos (?) concorrentes. Complica a situação, o fato desse cliente ser também menos fiel e, cada vez mais, buscar independência na execução do projeto. Definitivamente, um fator preocupante, pois a especificação e o acompanhamento representam quase 70% do faturamento dos Arquitetos e Designers de Interiores que fazem esse tipo de projeto. Os novos concorrentes são as lojas de decoração e de materiais de construção e as construtoras através da oferta de serviços que incorporam parte do trabalho dos profissionais. Os softwares que executam projetos oferecidos gratuitamente pelos fornecedores de planejados, mobiliário, revestimentos, iluminação etc., e que contam com a assessoria de Arquitetos e Designers de Interiores, se transformaram em ameaça aos escritórios. Convém ressaltar que os próprios profissionais se utilizam desses projetos no momento da especificação. Já as construtoras descobriram como faturar ofertando complementos através da parceria direta com fornecedores, com a vantagem de equacionar a questão do pagamento financiando as compras em até 24 meses. Nesse pacote entram revestimentos, louças e metais, mobiliário, iluminação entre outros itens. O risco de "franquisteinizar" a casa nesse sistema individualizado de conceber os ambientes, sem um projeto único, não parece ser suficiente para afastar os clientes. De fato, muitos deles já decoram por etapas, mesmo quando contratam um escritório. Diante deste quadro é inevitável aos profissionais estabelecerem uma estratégia clara de diferenciação, ancorada nos seguintes atributos: -Compreender o sonho do usuário e criar projetos com alto envolvimento dele em todas as suas etapas. Muitos clientes relatam a dificuldade de relacionamento com o profissional como fator de desapontamento e até suspensão do trabalho no meio do processo. -Criatividade para surpreender o cliente com soluções inovadoras que emocionem e encantem, utilizando softwares ricos em imagens 3D e outros recursos como vídeo. -Estar ao lado do cliente na árdua tarefa de tomada de decisões, desenvolvendo uma habilidade de persuasão. Direcionar as escolhas a partir da adoção de práticas como a indicação de poucas alternativas e do aprofundamento na análise e na negociação de orçamentos junto aos fornecedores antes de enviar ao cliente. -Elaborar planilhas de sequenciamento de etapas e cronograma fisico-financeiro que mostrem ao cliente a sua competência para racionalizar e reduzir custos através da gestão adequada da etapa de execução do projeto. -Elaborar relatórios quinzenais detalhados do andamento das etapas, especialmente, no acompanhamento da execução.