Artigo
Comportamento

Por que parentes e amigos querem seu trabalho de graça

0
tweets

7
likes

Arquitetos e Designers de Interiores reclamam muito de amigos e parentes que pedem dicas e até projetos completos e não querem pagar por isso. De onde vem esse comportamento? Para entender essa postura vamos refletir sobre uma cena muito comum entre nós humanos. Reunião de amigos ou familiares na casa de um dos integrantes do grupo para um jantar. A dona da casa oferece a comida e a bebida. Agora, imagine a seguinte situação: um dos convidados satisfeito com a qualidade do jantar, a certa altura levanta-se e propõe que todos paguem R$100,00 à anfitriã que cozinhou e ofereceu a refeição. Na certa ela ficaria ofendida, pois a recepção foi algo especial, feita com carinho. Entre amigos, prevalece a relação e o prazer de conviver. É inimaginável que paguemos pelos pratos que comemos. Socialmente, cobrar essa refeição dos amigos seria um gesto imperdoável, Ora, inconscientemente, nos apoiamos nesse comportamento quando solicitamos ao parente ou amigo uma dica ou até mesmo um projeto comoleto sem pagar por isso. Acreditamos que a amizade é mais importante do que a atitude profissional e esperamos do outro um certo despojamento, digamos um desapego ao ato de cobrar por aquilo que é a razão da sua existência profissional em nome da amizade. Cabe a quem recebe o apelo para fazer de graça a assertividade de ponderar que não é possível. O medo de perder o amigo ou criar atrito com o parente geralmente obriga as pessoas a aceitar a imposição. Depois de fazê-lo sentem-se usadas e aviltadas profissionalmente. Então, perca o amigo mas não sacrifique a sua dignidade profissional. Mas como ser gentil e, ao mesmo tempo, defensivo e evitar dar de graça as idéias que são a natureza da sua atividade profissional? Para isso, você deve ter respostas articuladas para a abordagem do amigo, quando ele dizdo "me dá uma idéia do que fazer ou me faz um projeto e a gente executa juntos". - Olha, ligue amanhã para o meu escritório para agendarmos uma reuninão inicial de abertura de job, quando defino o escopo da intervenção e te apresento as condições gerais de trabalho. O teu caso é muito importante para tratarmos sem a formalidade devida. Assim você já mostra que não haverá hipótese de lidar com a situação que não seja dentro de um contexto profissional. Coragem e relaxe: perder amigos e atritar com parentes faz parte da vida. Boa sorte!